Esporte Conviver | Post
Buscar
  • Profª Tatiana Bucheb

História da Ginástica Rítmica no Brasil


A Ginástica Rítmica foi introduzida no Brasil pela prof. Ilona Peuker, da Hungria, que chegou na cidade do Rio de Janeiro na década de 1950, quando ministrou vários cursos para profissionais da educação. Esta professora formou a primeira equipe competitiva de GR chamado Grupo Unido de Ginastas (GUG), alcançando grande sucesso devido a experiência e participação ativa da Prof. Ilona Peuker na ginástica internacional. O Brasil participou pela primeira vez em um campeonato mundial de GR com uma ginasta daquele grupo,a ginasta Daise Barros em 1971 na cidade de Copenhagen, Dinamarca. O Grupo Unido de Ginastas representou o Brasil em campeonatos internacionais e Gimnastradas, tendo conseguido o 13º lugar no Campeonato Mundial de GR em 1973 na cidade de Roterdam, Holanda, realizando exercícios de Conjunto. As componentes daquela equipe posteriormente difundiram a GR pelo Brasil.

Com a criação da Confederação Brasileira de Ginástica, no ano de 1978, esta modalidade começou a evoluir devido ao apoio recebido, resultando na classificação de ginastas para disputarem Jogos Olímpicos: a ginasta Rosane Favilla foi a primeira brasileira a participar dos Jogos Olímpicos, em 1984, Los Angeles, USA, com exercícios individuais. Em 1988, na Olimpíada se Seul, Coréia, a ginasta Marta Cristina Schonhorst esteve presente realizando exercícios individuais. O crescimento da CBG, o apoio das entidades governamentais ao esporte e o exaustivo trabalho de ginastas e técnicas, levaram a um grande crescimento da GR, possibilitando a equipe Brasileira alcançar a vitória em três Pan-americanos, nos exercícios de conjunto: Winnipeg, Canadá, em 1999, classificando o Brasil para a Olimpíada de Sydney, na Austrália; Santo Domingo, República Dominicana, em 2003, classificando o Brasil para a Olimpíada de Atenas na Grécia; Rio de Janeiro, Brasil, em 2007, classificando o Brasil para as Olimpíada de Pequim, na China. Nas duas Olimpíadas com a participação da equipe brasileira de Conjunto – Sydney e Atenas – o Brasil foi finalista, obtendo o resultado de 8º lugar.

Nos exercícios individuais destaca-se o resultado de 3º lugar no aparelho Maças, obtido pela ginasta Taiane Montovanelli no Pan-americano de Santo Domingo e o resultado de 3º lugar no aparelho Arco obtido pela ginasta Ana Paula Sheffer no Pan-americano do Rio de Janeiro. OS APARELHOS SÃO: CORDA – BOLA – ARCO – MAÇAS - FITA

** Texto escrito pela Profª de ginástica Rítmica Tatiana Bucheb

Agende uma aula gratuita pelo telefone 2082-2526.

#ginásticarítmica

0 visualização

Fundada em 2010, a Escola de Esportes Conviver acredita que o esporte é peça fundamental para o desenvolvimento integral das pessoas.

O espaço conta com quadra poliesportiva, salas de atividades e reuniões, piscina aquecida coberta, vestiário e estacionamento próprio e gratuito para os alunos.

Funcionamento

De segunda a sexta, das  8  às  21 horas

Sábado, de 9 às 13 horas

Endereço

R. Padre Benedito de Camargo, 573

Penha de França, São Paulo/SP,

CEP: 03.604-010

 

(11) 2082-2526

(11) 94307-4377

conviver@esporteconviver.com.br

Contato

  • esporte conviver no facebook
  • esporte conviver no instagram

© Esporte de Esportes Conviver - 2020  | Todos os direitos reservados